Voltar à disposição inicial da página.

Restaurar

Violência doméstica: Mais 250M€ para apoiar vítimas

250 mil euros adicionais vão ser atribuídos aos dez Núcleos de Atendimento às Vítimas de Violência Doméstica existentes em Portugal. A Carta de Compromisso para a aplicação desta medida já foi assinada entre Governo e núcleos.

Aveiro, Beja, Bragança, Castelo Branco, Évora, Guarda, Leiria, Portalegre, Viana do Castelo e Viseu são as cidades cujos núcleos vão receber 25 mil euros cada um, para prestar os serviços de que se encarregam. O dinheiro deverá também ser utilizado em “informação e formação de públicos estratégicos”, dos alunos das escolas aos profissionais das forças de segurança, explica o gabinete da secretária de Estado dos Assuntos Parlamentares e da Igualdade, Teresa Morais.

Aos 25 mil euros de subvenção já recebidos por estes núcleos junta-se esta nova verba, a ser aplicada ainda este ano e também no próximo.

O dinheiro provém das receitas dos jogos sociais, destinados a promover a igualdade e que, este ano, são dirigidas para a prevenção e combate à violência doméstica.

Esta medida surge depois de Teresa Morais assegurar que as vítimas de violência doméstica vão ter direito a bolsas de habitação. A governante já anunciou também outras acções previstas no âmbito do IV Plano Nacional contra a violência doméstica, como um concurso para uma rede nacional de transporte segura que leve as vítimas, de qualquer parte do País, até às casas-abrigo e a multiplicação da teleassistência, para 100 dispositivos, em Agosto.

Numa entrevista ao Correio da Manhã, a secretária de Estado dos Assuntos Parlamentares e da Igualdade avançou ainda que, em relação a 2011, houve uma redução de 7,2 por cento do número de queixas apresentadas pelo crime de violência doméstica.

Deixe um Comentário