Voltar à disposição inicial da página.

Restaurar

Soja reduz efeitos da menopausa

A ingestão de pelo menos 54 miligramas diários das insoflavonas presentes na soja durante seis semanas, reduz em 20,6 por cento a frequência e em 26 por cento a intensidade das ondas de calor que as mulheres sentem quando terminam os seus ciclos de ovulação.

Esta é a conclusão de um estudo exaustivo sobre os efeitos da soja na menopausa, realizado por uma equipa de investigadores da Universidade de Delaware, em New Jersey, EUA e publicado na revista “Menopause: The Journal of the North American Menopause Association”.

“A ingestão de produtos derivados da soja, ou o uso de suplementos derivados de feijões de soja inteiros pode funcionar bem para as mulheres”, explicou Melissa Melby, co-autora do estudo.

Os resultados foram aproximadamente três vezes mais efetivos nas mulheres que tiveram um período de teste mais prolongado (12 semanas ou mais) do que naquelas que se submeteram a estudos de menor duração.

O estudo revelou ainda que suplementos de insoflavona com níveis mais elevados de genisteína (um dos tipos de insoflavona), tiveram duas vezes mais efeito na redução das ondas de calor do que suplementos com quantidades mais baixas (menos de 19 miligramas).

“Quando combinámos todos os resultados, descobrimos que o efeito é positivo”, concluiu Melby, depois desta investigação ter revisto 19 estudos já efectuados e examinado mais de 1200 mulheres.

Deixe um Comentário