Voltar à disposição inicial da página.

Restaurar

Renata Gomes novamente premiada no Reino Unido

Renata Gomes conquistou, pelo segundo ano consecutivo, o prémio da British Heart Foundation (BHF), agora na categoria de vídeo.

A cientista portuguesa foi distinguida graças a um vídeo sobre o batimento de células cardíacas produzidas em laboratório a partir de células estaminais isoladas de coração.

“Esta distinção dá-me mais visibilidade e credibilidade na ciência. Ser cientista sempre foi uma profissão muito difícil, sem garantias e com muito pouca progressão de carreira ou reconhecimento em grande parte dos países. Para sucedermos é necessário mostrar que somos capazes de ser pensadores, inventores, líderes, excelentes em comunicação e altamente flexíveis”, afirma Renata Gomes.

“O ano passado, pela primeira vez, submeti uma candidatura à iniciativa da BHF com uma imagem estática e passámos a ser considerados referências em imagem estática a nível europeu. Desde então, a minha aposta tem sido em vídeo e, este ano, submeti um trabalho para esta categoria. Para minha surpresa, fomos vencedores”, conta.

A distinção alcançada dá a Renata Gomes a oportunidade de interagir com os líderes nacionais e mundiais em áreas de imagem e regeneração, durante a cerimónia de entrega dos prémios, que vai decorrer no London Eye, durante os Jogos Olímpicos.

“Muitas oportunidades de colaborações surgem após este tipo de visibilidade, o que facilita a entrada de capital para desenvolver mais ideias e novas investigações”, refere a investigadora lusa.

Criar células passíveis de serem transplantadas para corações de pacientes cardíacos é o objectivo da investigação desenvolvida por Renata Gomes. Esta operação assenta na utilização de nanomateriais que marcam e monitorizam as células estaminais e que é capaz de restaurar a função do músculo cardíaco danificado, nomeadamente após enfarte do miocárdio.

Natural de Barcelos e a viver actualmente em Londres, Renata Gomes, licenciada em Medicina Forense, venceu, em 2011, o prémio BHF na categoria de imagem. A investigadora lusa conta também no seu currículo com a medalha de prata dos prémios Science, Engineering and Technology (SET) for Britain, atribuída pelo Parlamento britânico em Março deste ano (ver aqui).

 


Vídeo, da autoria da investigadora portuguesa Renata Gomes, premiado pela British Heart Foundation (BHF).

 


Entrevista a Renata Gomes, aquando da distinção, com a medalha de prata, nos prémios Science, Engineering and Technology (SET) for Britain

Deixe um Comentário