Voltar à disposição inicial da página.

Restaurar

Fotógrafa homenageia mulheres vítimas de abusos sexuais

Homenagear a coragem “inquebrável” de mulheres abusadas sexualmente é o objectivo do projecto “Unbreakable”, uma iniciativa de Grace Brown, 19 anos, estudante na School of Visual Arts, em Nova Iorque (EUA). Brown desafiou mulheres vítimas de pedofilia a escreverem num cartaz as palavras mais assustadoras que os agressores lhes tenham dito e exibirem-nas à frente de uma máquina fotográfica.

“Não consigo sequer imaginar o que [estas mulheres] passaram. O que eu sei é que são um exemplo de coragem. Tenho muito orgulho em quem participa [no projecto]”, diz Grace, recordando, por exemplo, a história de uma menina de 13 anos que escreveu no cartaz: “Fecha os olhos, isto é capaz de doer um bocado”.

A própria autora do Unbreakable serviu de modelo para a primeira fotografia, mas logo começaram a aparecer voluntárias e, agora, Grace já tem publicadas no site do projecto inúmeras fotos que lhe são enviadas de todo o mundo.

“Não fazia ideia de que o projecto iria ganhar esta dimensão. Pensei que a mensagem iria chegar a uma centena de pessoas, não a milhares”, afirma a autora. “É incrível saber que o projecto chegou a lugares como a Austrália e o Médio Oriente. Recebo mensagens em todas as línguas e é comovente perceber que estas mulheres querem agradecer-me. Para elas é uma espécie de cura”, explica.

A ideia surgiu depois de uma amiga ter desabafado com Grace, numa noite de Outubro passado, ter sido vítima de abusos sexuais e diversas ameaças. Aquela conversa perturbadora não saía da cabeça da jovem fotógrafa que, entretanto, andava à procura de um tema para uma nova série de fotografias.

Grace explica como tudo se processa: “Combino com elas uma hora e um local e, às vezes, é tudo muito rápido: elas escrevem o cartaz, eu tiro a fotografia e vão-se embora. Mas já houve mulheres que se sentaram e me contaram a sua história, que choraram”.

Deixe um Comentário