Voltar à disposição inicial da página.

Restaurar

Catarina Esteves descobre tecnologia de auto-limpeza

Catarina Esteves descobriu um revestimento que se repara e limpa a si próprio. A inovação permite que os carros se lavem sozinhos, os telemóveis se mantenham livres de impressões digitais e a fuselagem dos aviões precise menos frequentemente de voltar a ser pintada.

A superfície desenvolvida pela investigadora portuguesa e a sua equipa do departamento de Engenharia Química da Universidade de Tecnologia de Eindhoven, na Holanda, incorpora “hastes” especiais que carregam os grupos químicos funcionais, posteriormente misturados com o revestimento. Assim, quando a camada de superfície exterior é removida ou danificada, esses materiais da camada inferior reorientam-se, de forma automática, para a superfície do revestimento, restaurando a sua função.

O trabalho de Catarina Esteves vai assim permitir criar revestimentos altamente resistentes à água. Na prática, vai ser possível desenvolver um carro que se auto-limpe, através de um revestimento impermeável que poderá reparar-se a si próprio quando a água rola sobre o carro, levando a sujidade com ela. Ou seja, bastará um dia de chuva para manter o carro limpo.

Da mesma forma, este revestimento inovador poderá vir a ser aplicado em telemóveis, painéis solares, lentes de contacto, fuselagens de aviões e em superfícies que resistam à formação de algas, como nos navios.

Esta nova tecnologia de auto-limpeza ainda está em desenvolvimento, pelo que Catarina Esteves espera continuar a aperfeiçoar a criação por meio da colaboração com outras universidades e com parceiros industriais, estimando que dentro de seis a oito anos os primeiros revestimentos possam estar prontos para comercialização a preços semelhantes aos praticados actualmente.

Deixe um Comentário