Voltar à disposição inicial da página.

Restaurar

Afeganistão: Meninas mortas pelo pai

Duas raparigas, de 15 e 16 anos, foram mortas a tiro pelo próprio pai, no sul do Afeganistão. O motivo: terem fugido, durante quatro dias, com um tradutor que trabalha para a NATO.

O crime aconteceu no distrito de Nad Ali, na província de Helmand, no sul do país, quando as jovens voltaram para casa, quatro dias após terem saído.

“Detivemos o pai e a nossa investigação sobre o caso está em curso”, informou o chefe da polícia local, Omerajan Haqmal.

A triste notícia surge duas semanas depois de uma outra jovem, de 22 anos, ter sido executada em público perto de Cabul, acusada de ter cometido adultério. As imagens da execução chocaram a opinião pública internacional quando foram divulgadas na Internet e o episódio gerou inúmeras críticas.

Deixe um Comentário